Compotas – Aprenda a fazer geleia em casa

Olá, galerinha animada deste país abençoado, tudo nos conformes? Eu continuo boba com quanta coisa boa eu estou conhecendo nesta terra da garoa que, atualmente, tá mais parecendo terra da secura, aliás, sakura (olha o trocadalho infame). Pra quem não tá ligado, agosto é um dos meses mais secos do ano em São Paulo, enquanto no sul, é aquela chuva que não acaba mais. E agosto também é tempo de florada das cerejeiras, a ‘sakura’, tão reverenciada pela comunidade japonesa.

Em Sampa, o Festival das Cerejeiras rolou no final de semana passado, no Parque do Carmo, Zona Leste. Que lugar, minha gente! E que coisa mais linda ver o povão sair de frente da TV, em pleno domingão, e ir pra rua tirar o mofo do escritório, esticar as pernas e apreciar as flores. Emocionante e inspirador, visse?! Vem pra rua, vem!

ImagemImagemImagemImagem

E como nada na vida é por acaso, a dica para apreciar esta belezura da natureza foi da minha cara amiga Nilva Bianco, aquela que nos ensinou a fazer um molho de tomate veramente italiano e também me chamou pra mostrar outra de suas habilidades culinárias: compotas e geleias de frutas. Ah, nada como se deliciar com algo que saiu da tua cozinha, do teu braço, sem conservantes, sódio ou acidulantes e cheios de cor e sabor. Como estamos na época dos morangos e mexericas (na minha terra chamamos de laranja crava ou pokan, aquela de casca grossa), elas foram as eleitas para serem as estrelas do blog desta semana.

E por que usar as frutas da estação? Porque o segredo para fazer uma geleia caseira de responsa é a fruta estar na plenitude do seu processo de amadurecimento, quando está mais doce e não precisa de tanto açúcar. Em segundo lugar tem a questão econômica: a fruta da estação, em plena safra, está bem mais barata que as demais.

Imagem

Primeiro passo: higienização

Nilva comprou cinco pacotes de morangos na feira, a R$ 3 cada, para dois vidros de 350g. Ou seja 1,5kg de fruta rendeu a metade depois da cocção. Já para a geleia de mexerica, receita de família do Marcello Vitorino, de Santo André, foram duas dúzias. Ao todo, o custo foi de R$ 27 para quatro vidros de geleia. Já o prazer de cozinhar ao lado de amigos, ao som da Marisa Monte e bebericando um bom vinho não tem preço!
A primeira coisa a se fazer é higienizar as frutas. Nilva gosta de lavá-las uma a uma, inclusive usando esponja e detergente. Eu costumo deixar de molho com algumas gotas de hipoclorito de sódio. De acordo com especialista do Laboratório de Toxicologia da Fiocruz (Rio), também dá pra usar bicarbonato de sódio na proporção de 1 colher (sopa) rasa para 1 litro de água. Para as verduras, deixe 30 minutos, e para frutas e legumes, deixe de 1 hora a 1 hora e meia.

Imagem

Depois de higienizadas, é hora de cortar o cabinho dos morangos e descascar as mexericas, tirando as sementes e reservando a casca que também entra na receita. Para agilizar a retirada de sementes, pego de 3 em 3 gomos e corto atrás, mas se sobrar alguma, dá tempo de retirar na hora que vai pro fogo.

Imagem

Segundo passo: amassar as frutas

No caso dos morangos, o próximo passo é amassar e passar para um tacho, panela ou wok. Minha amiga colocou 2 xícaras de açúcar demerara e o suco de meio limão.

ImagemImagemImagem

Terceiro passo: botar no fogo

Agora, é preciso mexer a polpa e acompanhar a fervura e retirar a espuma que se forma por cima, até dar o ponto. A geleia fica pronta rapidinho (até aparecer o fundo da panela) e pode ser degustada em torradinha e com queijo minas. Uma verdadeira delícia perfumada!

Imagem

Imagem

Quarto passo: esterilizar vidros e envazar

Os vidros devem ser esterilizados com água no microondas uns 5 minutos e depois podem ser utilizados.

DSCN4772

Geleia de tangerina

Para a geleia de mexerica, é preciso reservar uma parte das cascas, bater no liquidificador com água e dar uma fervura duas vezes pra tirar o excesso de amargor. A polpa é batido em separado e depois, se mistura. Quem gostar mais pedaçuda não precisa coar a polpa, para os que preferem uma geleia mais lisinha, coa-se. E para quem gosta mais amarga, pode pôr mais casca. Neste caso, usamos as cascas de meia dúzia de mexericas.

Imagem

,Imagem

Depois, seguir o mesmo esquema da geleia de morangos: quando formar aquela espuma, a gente tira com a escumadeira e espera dar o ponto.

Imagem

Quinto passo: degustação

Esta geleia também fica uma maravilha com queijo branco e por ser mais amarguinha, com um pouco de pimenta e vinagre vira um chutney! Ótimo para comer com carnes para quem gosta de misturar doce com salgado. Mas vamos deixar as compotas salgadas para outra tarde de cozinhaterapia.

Imagem

Imagem

Este tipo de preparo de geleia não é aquele tradicional que se faz uma calda de açúcar antes e depois se colocam as frutas. O tradicional, geralmente, fica doce demais, razão pela qual preferimos fazer de forma mais natural. Como a geleia é caseira, não vá se empolgar e fazer 10 vidros, a não ser que queira distribuir para amigos e familiares, pois não dura mais do que 15 dias depois do vidro aberto na geladeira.
E bon appétit!

English version

How to make jam at home

Hello, lovely people of this blessed country, are you ok? I’m amazed to realize how many good things I’m discovering in the biggest city of South Anerica. Despite we are in winter, August is one of the driest months of the year in São Paulo, while in the south of Brazil, the rain storms never end. But August is also cherry trees blossom, ‘sakura festival’ for Japanese community.

In Sampa, the Cherry Blossom Festival took place on last weekend in Carmo Park, East Zone. What a place, folks! It was so nice to see people getting out of home, from TV prison, and going out to the street to get tanned, stretch out the legs and enjoy the flowers. Exciting and inspiring!

Who told me to enjoy this gorgeous jewelry of the nature was my dear friend Nilva Bianco, the one who taught us to make a tomato sauce Italian style. She invited me again to her wonderful kitchen to show another of her culinary skills: fruit jams.

As we are in strawberries and tangerines season, they were selected to be the stars of this week’s post. And why use the fruits of the season? Because the secret to make a jelly homemade is to use ripe fruits, when they are sweeter and doesn’t need much sugar. The second reason is because the fruit season is much cheaper.

Nilva bought five packs of strawberries at the market, wich cost R$ 3 each. The weight was about 1.5 kg of fruit. For the tangerine jelly, we bought two dozen. Our budget was R$ 27 for four glasses of jelly. But cooking alongside friend, listening to Marisa Monte songs and sipping a good wine is priceless!

The first thing to do is to clean the fruit. Nilva like washing them one by one, including using sponge and detergent. I usually soak a few drops of sodium hypochlorite in a bowl of water. According to specialist Toxicology Laboratory Fiocruz, we can use baking soda. He recommends one tablespoon to one liter of water. For the vegetables, the sanitization takes 30 minutes, for fruits, 1 hour to 1 hour and a half.

Now, it’s time to cut the stalk of the strawberries and peel the tangerines, removing the seeds and reserving some shells. To remove the seeds, you can cut the back of three buds. In strawberries case, the next step is to knead and move to a pan or wok. My friend put two cups of sugar and the juice of half a lemon. Hence jam get started to boil, we need to take foam off the top. The jam get ready quickly and can be tasted in cheese toastie and mines. A true delight fragrant!

For the tangerine jelly, you need to reserve part of the husks, hit them in the blender with water and let it to the boil twice to remove excess bitterness. The pulp is beaten separately and then mix together. For those who like it bitter,you can put more bark. In our case, we use the peel of half a dozen tangerines. And don’t forget to take the foam off the top of jelly as well.

The glasses should be sterilized in a microwave for 5 minutes. This jelly is marvelous with white cheese and you you put pepper and vinegar becomes a tangerine chutney! But let’s savory jams for another afternoon kitchentherapy.

This type of preparation is not that traditional jelly that requires to make a sugar syrup. The traditional jelly gets too sweet, that’s why we prefer to do so more natural. As the jam is homemade, it’s not recommended to make a lot because its lasts not more than 15 days after the glass is open glass in the fridge.

And bon appétit!

11 respostas em “Compotas – Aprenda a fazer geleia em casa

  1. A de tangerina estava divina!!!!! Parabéns meninas e vou fazer esta de morango e levar para a galera da ópera para adoçar o bico enquanto esperamos nossa entrada!!! Bjs… AMEI!

  2. Eu ajoelhei com essa de mexerica, que delícia dos deuses, menina. Aliás, na próxima rodada eu vou pra fazer o doce de abóbora com coco da minha mamma. Nilva, minha filha, perdoa se fujo de ti, mas é que você cozinha muuuuito bem e eu acabo com meu programa malhação, afe! Mas pera que eu vou no próximo encontro, tá? Beijos nas duas, Fausta e Nilva!

  3. Pingback: Ideia para presente de dia dos professores | Inventare

    • E fica uma delícia com arroz doce feito com arroz arbório, fofa, já experimentou? A medida é a seguinte: uma xícara de arroz para uma xícara de açúcar e seis xícaras de leite integral. Tem q ficar al dente e com calda. É de comer rezando! bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s